sábado, 1 de novembro de 2008

 

hqs da década passada

Algumas HQs que fiz lá nos anos 90, logo depois que entrei na faculdade, não estava trabalhando, e tinha as tardes livre. São de 1995, 1996...
Bom, como acabaram ficando só pra mim, e quase ninguém viu, resolvi escanear (bah, que complicado fazer isso com esse papel A3, tive que fazer em partes) e colocar aqui no blog.


Essa história é meio nada a ver, meio absurda. Vários dos desenhos me baseei (copiei :)) de vários quadrinhos que tinha a mão. E a história termina em morte. (abril de 1995)


Essa outra acho que eu tava meio influenciado por Bill Sienkiewicz, com Elektra Assassina e imagens e personagens malucos e fora de padrão. O monstro do final inclusive copiei de uma história dos Novos Mutantes. E eu usava muito isso do texto basicamente como pensamento do personagem, jogando várias frases, em legendas. A história termina em morte. (julho de 1995)



Essa aqui também termina em morte hehe. E até que a idéia da personagem ficou interessante, lendo agora depois de vários anos, apesar do clima de terror meio brega. Aquele castelo é um castelo que tem na Espanha, que copiei sem saber na época, e a explosão no final copiei do Hulk #100 da Abril, onde o verdão "morre". (julho de 1995)


Essa eu fiz em 1996, acho que por volta de março ou abril, quando já estava fazendo estágio em uma mini mini agência de publicidade. Lembro que fazia escondido algumas coisas no Corel, como foi o caso do título da história e os textos. Eu imprimi, cortei e colei sobre os desenhos. E até achei interessante o resultado do uso do lápis de cor e giz de cera pra pintura. E também segui o mesmo estilão de fazer os pensamentos em caixas de texto, sem balões. A história é um pouco exagerada, mas enfim...
E no final, adivinhem, um personagem acaba morrendo :) Apesar de nessa história isso ficar meio ambíguo.

E era legal fazer a arte-final com caneta nanquim, além do pincel (pra fazer algumas "sujeiras").


E aqui alguns desenhos dessa mesma época, como esse bando de bárbaros, naquele estilo de grupo com um líder com cara de mau, o herói galante, um mago, um menino metido, o cara das facas, o gigante forte e truculento, a mulher do arco e flecha, o baixinho alívio cômico e por aí vai hehe. Todo a lápis de cor. Depois de pronto eu notei um erro de perspectiva na posição do fogo da tocha, que é contrário ao lado que coloquei a sombra nas pedras da parede. Mas agora já era...

E ainda essa caricatura da Hebe Camargo HAHA

Enfim... é isso :)
Clicando nas imagens dá pra ver em tamanho maior.

Marcadores: ,


 

anônimo na feira



passeio na feira do livro. estava eu de braços dados com minha afilhada Suzan, dando um giro em meio aos livros, quando fomos abordados por uma repórter da rbs:
"posso fazer uma pergunta?"

eu segui o passo, driblei a repórter, e ela:
"fugindo, héin?"

HAHAHA minha afilhada gritava:
"a câmera tava ligada? a gente ia aparecer na televisão? volta lá!"

eu, é claro, não voltei, e segui exercendo meu espírito "bicho-do-mato" :)

ah, neste mesmo dia haveria uma seção de autógrafos coletiva com os autores selecionados dos Poemas do ônibus, do qual eu fazia parte... adivinha se eu fui?

na verdade, esqueci o horário, estava passeando pelos corredores, com meus chinelos de dedo, minha barba por fazer e minha perseguição por promoções de quadrinhos pela feira...*

*acabei comprando o Biblioteca Histórica Marvel do Capitão América, Planetary Mundo Estranho, Ficção de Polpa Volume 1, e incentivei um cara a comprar V de Vingança (ele tinha assistido o filme e tinha gostado, vejam só). Avisei que os quadrinhos são bem melhores...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]